domingo, 4 de novembro de 2012

(...) Porque os Céus esperanças não dão a quem só ouve o bater do próprio coração. 
Eu não tinha medo de olhar as coisas horríveis, mas ficava apavorado com a ideia de nada ver. 
Parece porque é.  
E.A. Poe 

Nenhum comentário:

Postar um comentário